Sábado, 9 de Maio de 2009

Susan Boyle

Há muito tempo que não escrevo no meu blog. Verdade seja dita, ando tão desmotivada que nem me apetece escrever.

Mas hoje, pus de "lado" a desmotivação e tive que vir escrever sobre a mulher que anda nas bocas do mundo. Sim, é ela mesmo: Suzan Boyle.

Tal como toda a gente qua a ouviu cantar, fiquei petrificada com aquela voz. Quem diria que uma pessoa que passa despercebida aos olhos desta sociedade só feita de imagem, pudesse ter um dom daqueles.

Sim, tem uma voz maravilhosa. Mas acima de tudo o que mais me impressionou foi a sua imagem.

Quando ela entrou em palco, toda a gente começou a rir-se "daquela pobre figura". Mas como diz o velho ditado: O último a rir é o que se ri melhor.

E foi isso o que aconteceu.

Quando vi a actuação dela no Youtube fiquei maravilhada. Aquela senhora deu-me força.

Tal como ela, eu aos olhos desta sociedade sou uma zé- ninguém. Mas quero ser como ela. Não, não tenho o dom que ela tem, nem sei qual é o meu. Mas sei que todos nós temos um. E eu quero seguir o exemplo daquela pequena grande senhora. Ela é um modelo a seguir.

Basta de viver num mundo de aparências onde só as pessoas que têm boa aparência é que conseguem obter tudo de bom.

As coisas não podem ser assim. Temos de mudar a nossa forma de ser e a nossa forma de pensar para vivermos num mundo melhor.

Não sei se a Susan Boyle vai ou não ganhar o concurso. Acho que a grande maioria das pessoas quer que ela ganhe.

Mas uma coisa é certa: quer ela ganhe, quer ela perca, já ficou nos nossos corações. E isso é o mais importante.

publicado por Abelha Maia às 22:57

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Timidez

Andei a navegar na net e vi um blog que me chamou a atenção. Falava sobre um mal que afecta muita gente, incluindo eu própria: a timidez.

Ninguem imagina o sofrimento que é ser-se tímido. Quando digo isto não estou a exagerar. Num mundo tão competitivo como este as coisas ainda se tornam mais complicadas.

Enquanto criança, pensava em como seria a minha vida quando fosse mais velha. Nunca imaginei que fosse este inferno.

Todos os dias eu penso que vai ser diferente. Mas o dia acaba e tudo continua na mesma.

Por ser assim, sou chamada de anti-social ou bicho do mato, só para dar alguns exemplos.

Para além da timidez, sou super envergonhada, introvertida, reservada e insegura. 

Depois, os timidos ainda sofrem mais porque as pessoas que não sofrem deste mal não as entendem. Ainda gozam com elas. Logo um timido ainda vai sofrer mais.

Até para conhecer pessoas é um caso muito complicado. mesmo com as os conhecidos muitas vezes é complicado dizer-se um "Bom Dia", por exemplo.

Quem não nos conhece pensa logo que somos uns antipáticos.

Um desejo que eu tenho: deixar de ser timida e poder viver a minha vida sem me prejudicar e sem prejudicar quem está à minha volta.

Até à próxima

publicado por Abelha Maia às 20:45

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Mudar a nossa forma de pensar

Tenho o meu blog muito desactualizado. Desde a última vez que escrevi muita coisa aconteceu. Mas o facto mais importante que se passou desde então é o polémico penalti da final da Taça da Liga. Tanto alarido por causa de um jogo de futebol. Será que as pessoas só se preocupam com futebol e não com coisas mais importantes? Olhem para a situação deste país, que não tem ponta por onde se pegar. Disto os portugueses não se revoltam.

É verdade, é triste perder por um erro estúpido do árbitro, mas infelizmente no mundo e, principalmente, neste país de tanga é a coisa mas natural que possa ter existido. O que eu acho piada é que os sportinguistas falam deste penalti que é escandaloso, mas os benfiquistas também foram roubados em pleno estádio do dragão, por um árbitro que supostamente é  benfiquista.

Fosse qual fosse o resultado ia haver bronca, pois este é o único troféu que alguma das duas equipas podia ganhar. Sim, porque o campeonato pelo menos para o meu Benfica já era.

O que eu gostava era que os portugueses pensassem de uma outra maneira. Preocupem-se menos com coisas que não têm importância e dêem mais atenção aos problemas que o país está a atravessar. Não se esqueçam é a nossa pátria.

Não é que eu seja uma chauvinista, porque não sou, mas tenho amor ao meu país.

publicado por Abelha Maia às 10:40

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

Colégio Quinta do Lago- Ai que saudades

Lembrei-me de ir ao Google ver se encontrava a "morada" do colégio em que eu andei quando era mais nova.

Com uma grande alegria consegui encontrar. Quando comecei a pesquisar o site até chorei.

Aquele lugar traz-me tão boas recordações.

Entrei com cinco anos. Sai com treze.

Um dos piores dias da minha vida foi quando a minha mãe me disse que me tinha de tirar do colégio. Fartei-me de chorar. Aquelas pessoas eram a minha família. Passava muito mais tempo na escola do que em casa. A carrinha ia-me buscar às 7h15 da manhã e depois só chegava por volta das 18h00 a casa.

Tanto eu como o meu irmão mais velho fizemos muitas amizades neste lugar.

Pelo que vi no site o colégio levou uma grande transformação. Eu ainda sou do tempo em que o colégio se chamava Quinta Florida.

Desde que sai do colégio não mais lá voltei. Já passaram 13 ou 14 anos desde que isso aconteceu.

Provavelmente já se foram embora muitos funcionários mas todos eles me trazem muito boas lembranças.

A stora Marília, quenão foi minha professora mas do meu irmão, a dona Teresa da secretaria, os vigilantes dos quais destaco a dona Mimi, a Teresa e o Pedro já para não falar na dona Adelina. Também tenho de falar nos professores. Lembro-me de vários: a stora Benilde (inglês), a stôra Ligia (música) ou a stôra Augusta Manaia (português e francês).

São muitas as recordações daquele lugar.

Se quiserem colocar os vossos filhos a estudar num lugar de confiança, podem crer que este é de certeza.

Espero que leiam este texto. Pode não estar muito bem escrito mas foi feito com muito carinho.

Uma antiga aluna

 

publicado por Abelha Maia às 20:41

link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Noite de oscares

Aconteceu o que se estava à espera.

O grande vencedor foi o filme "Quem quer ser bilionário".

Não posso comentar nada no que respeita aos vencedores até porque eu não vi os filmes, portanto também não sei como é que os actores se comportaram.

Fiquei triste pela minha actriz favorita não ter ganho o oscar mais uma vez. Lá está. Não sei se a Kate Winslet foi uma justa vencedora, mas eu queria que ganhasse a Meryl Streep. Raios quando é que lhe vão dar outro oscar. Deve ser frustrante já ter sido nomeada 15 vezes e só ter ganho dois oscares. Mesmo assim para mim ela é a maior. Sei que há pessoas que compartilham da mesma opinião.

Quanto à entrega para o oscar de melhor actor fiquei super feliz por ter ganho o Sean Penn. É um dos meus actores preferidos.

Quanto à entrega dos oscares para actores secundários fiquei super desiludida. Até porque eu não gosto de nenhum dos dois como artistas.

Infelizmente, um deles já cá não está. Está no outro mundo. Não vi o Batman porque não gosto desse tipo de filmes, portanto nõ posso comentar a sua participação no filme. POr mais incrivel que possa parecer eu estava a torcer por outros dois actores quesimpatizo muito. São eles o Robert Downey  Jr. e o Phillip Seymour Hoffman. Mas lá está eu torço pelos actores que gosto. Mas acho que isso não acontece só comigo.

Espero que para o ano a cerimónia dos oscares seja um bocadinho diferente. É que já nao dá gozo nenhum ver algo que não traz nenhuma surpresa.

publicado por Abelha Maia às 09:14

link do post | comentar | favorito

Desilusão ou ilusão?

Peço desculpa por não ter o meu blog actualizado, mas não tenho tido tempo para o pôr em dia.

Este fim de semana foi um autêntico pesadelo.

Passei-me completamente no trabalho e depois ainda consegui ficar pior com as bestas dos jogadores do meu clube.

Não passam de um grande bando de idiotas. Como é queé possivel ir perder a Alvalade quando fomos ao Porto e conseguimos um empate?

Não jogam a ponta de nada Mais um ano que vou ficar a chuchar no dedo. Só gostava de saber que raio de treinador é que temos. Não pôe a equipa a jogar nem consegue dar consistência. Até eu que não percebo nada de tácticas entendo as coisas quanto mais uma pessoa daquelas. Raios.

Ao termos conseguido o ponto no dragão ainda fiquei esperançada quanto ao campeonato. Mas estas bestas não merecem nada.

Ganham milhares e não se esforçam nada. Esse é que é o grande problema. Só jogam pelo dinheiro. São péssimos profissionais.

Com o novo director desportivo ainda pensei que as coisas dentro daquele clube pudessem mudar. Mas afinal continua tudo na mesma. Nimguém tem alma ganhadora.

Gostava tanto de poder mandar ali. Acho que eu ainda ia ser pior que o special one.

No que respeita ao meu clube fico-me por aqui. Sempre que falo nisto fico fora de mim. Anda uma pessoa a sofrer para nada.

publicado por Abelha Maia às 09:01

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

O que é que eu faço à minha vida

Ando super desmotivada. Não sei o que é que eu hei-de fazer. Preciso de ajuda e não sei a quem recorrer.

Sou ainda uma jovem, mas não vejo um futuro nada risonho quanto à minha própria pessoa.

Tenho os meus sonhos e objectivos e não consigo concretizá-los.

Não consigo ver a luz ao fundo do túnel.

As coisas são complicadas, mas eu também tenho o dom de as complicar ainda mais.

Vários problemas: tenho medo de tudo, não consigo fazer amizades.

O que me chateia é que como eu já referi sou tímida, introvertida e reservada. Só que há muitas pessoas que também o são, e no entanto conseguem fazer a sua vida.

Eu não vivo, mas quero viver. Estou farta de viver enclausurada. As pessoas que me são mais próximas bem se esforçam. Aconselham-me e motivam-me. Nesse instante tenho uma força dentro de mim, mas passado alguns minutos fico na mesma.

Preciso de um ombro amigo.

Se alguem já passou por isto, agradecia que mo dizesse. Pode ser que isso me ajude de alguma forma. Obrigada.

publicado por Abelha Maia às 15:38

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

...

Não faço a menor ideia do que se está a passar comigo.

Para a semana tenho três testes, ainda não estudei nada e também não me apetece fazê-lo. Muitas vezes quero estudar e simplesmente não consigo. Não me consigo concentrar e não entra nada dentro do meu cérebro.

Sempre fui super responsável, só que ando desmotivada e não me apetece fazer nada.

A minha vida nunca foi fácil, mas eu também não faço nada para a facilitar.

O que é que eu faço?

Bem, vou ver se consigo ir estudar.

Até, até!!!!!!!!!!!!!!!

publicado por Abelha Maia às 15:49

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

Benfica

Hoje vai jogar o "meu" Benfica. Espero que eu não tenha nenhuma desilusão.

É que eu quero festejar alguma coisa. Nem que seja uma competição menor. Estou farta de ver toda a gente a festejar e eu a chuchar o dedo. Ai, que nervos.

Vou ver se eu consigo escrever depois do jogo. 

publicado por Abelha Maia às 16:26

link do post | comentar | favorito

...

Estou tão cansada da minha vida. Tenho uma data de sonhos mas o meu futuro não perspectiva nada de bom, visto eu não os conseguir pôr em prática.

Não, não tem nada a ver com esta crise. Bem, talvez tenha a ver um bocadinho.Mas acima de tudo tem a ver comigo própria.

Sou uma pessoa que não é nada normal nos tempos de hoje em dia. Sou super tímida, introvertida, reservada, com uma auto-estima que mete mede ao susto, ou seja, é do mais baixo que possa existir, falta de confiança e super desmotivada.

Ando sempre com um sorriso na cara, mas por dentro parece um cadáver, já que eu não consigo viver a minha vida.

Os meus sonhos não são nada de especial. Passam-me tantas ideias pela cabeça e eu não consigo pô-las em prática.

Sou super medrosa. Tudo me mete medo. A começar pelas pessoas.

Tenho uma grande dificuldade em fazer amizades. Não tenho muitos amigos e não convivo com muitas pessoas. A minha vida é esta: escola, trabalho e casa. Não tenho uma vida social, por que não consigo fazer amizades.

Não seio o que é que eu hei-de fazer. Só queria era sair deste buraco.

Vejo tantas pessoas que têm problemas mais graves que o meu e conseguem viver e eu apenas sobrevivo.

Ai como eu gostaria de ser diferente.

Começou um novo ano e eu pensava que iria ser diferente dos anos anteriores, mas tudo continua na mesma.

 

publicado por Abelha Maia às 08:18

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Susan Boyle

. Timidez

. Mudar a nossa forma de pe...

. Colégio Quinta do Lago- A...

. Noite de oscares

. Desilusão ou ilusão?

. O que é que eu faço à min...

. ...

. Benfica

. ...

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub